Alcoólatra ou alcoolista

O Alcoólatra ou alcoolista é uma pessoa que sofrem com o alcoolismo, sendo uma condição médica crônica e que em alguns casos, pode ser progressiva, envolvendo o consumo compulsivo de álcool.

Por conta disso, os padrões de uso abusivo da bebida alcoólica podem trazer diversas consequências sociais, familiares e físicas. Felizmente, o alcoolismo tem tratamento e sempre é tempo de procurar ajuda.

O que é alcoolismo?

O alcoolismo é o distúrbio do uso de álcool, sendo uma doença cerebral crônica caracterizada pelo consumo compulsivo, perda do controle em relação ao uso do álcool juntamente com sintomas negativos ao não fazer uso da substância.

Alguns dos sinais que o Alcoólatra ou alcoolista pode apresentar envolvem sintomas e alterações no comportamento e que contribuem para o diagnóstico da doença. Por exemplo:

  • Fortes desejos de beber.
  • Um desejo persistente, mas uma incapacidade de parar de beber.
  • Beber regularmente em situações perigosas, como dirigir um carro.
  • Desistir de atividades sociais, ocupacionais ou recreativas antes importantes por causa do uso de álcool.
  • Tolerância ao álcool ou a necessidade de quantidades crescentes para atingir um nível desejado de intoxicação.
  • Sintomas de abstinência física, como náusea, tremores ou convulsões após parar de beber.

Por fim, o álcool é uma substância legal e controlada, reduzindo a ansiedade e as inibições. Tem uma grande quantidade de efeitos colaterais, como a perda de coordenação, por exemplo. Nem todo mundo que bebe se torna um alcoólatra ou alcoolista, mas procurar ajuda é sempre importante.

Quais são as causas do alcoolismo?

As pessoas que se consideram Alcoólatra ou alcoolista se perguntam o que fez com que o alcoolismo se desenvolvesse, mas não há nenhuma resposta simples para esse tipo de questionamento.

É possível que o alcoolismo tenha o seu desenvolvimento através da influência de diversos fatores, incluindo o ambiente em que a pessoa vive e genética. Por conta disso, quem tem histórico familiar de alcoolismo deve ter mais cuidados.

Há estudos que apoiam o vínculo entre a vulnerabilidade genética a depressão ao desenvolvimento do alcoolismo. Outros acreditam que há um componente hereditário para que quem começa a beber quando jovem tenha um risco maior de se tornar um Alcoólatra ou alcoolista.

Além disso, ainda há diversos outros fatores envolvidos no desenvolvimento do alcoolismo que são explorados. O ambiente doméstico da pessoa pode afetar o seu risco de se tornar alcoólatra, assim como dificuldades durante a infância.

Procure ajuda

Quem acaba se identificando como um Alcoólatra ou alcoolista não precisa se recuperar sozinho. Muitas pessoas lutam contra o vício em álcool acreditam que seja difícil ou impossível sair sem ter a ajuda e o apoio de outras pessoas.

Por conta disso, existem diversos profissionais e grupos de suporte que foram criados para ajudar quem precisa. Há muito mais chance de ter uma recuperação total com a ajuda de uma clínica de reabilitação com tratamento dedicado.

Entre em contato hoje mesmo com o Grupo Reconduzir para saber mais sobre os melhores tratamentos e as melhores instalações de clínica de reabilitação que sejam adequadas para você.

Leave a reply