Centro De Tratamento Para Dependentes Em Álcool

Uma pesquisa de Unifesp constatou que cerca de 28 milhões de pessoas no Brasil têm ao menos um familiar que é dependente químico em reabilitação. A análise foi realizada em parceria com centro de tratamento para dependentes em álcool e outras drogas.

É justamente nas universidade e em centros de recuperação que a medicina e a ciência se unem para buscar métodos e soluções práticas de reinserção dos dependentes na sociedade. Assim, abandonar o consumo de bebidas alcoólicas se torna uma tarefa mais eficaz, embora continue sendo desafiadora.

Confira a seguir como funciona o tratamento de alcóolatras e outros dependentes químicos nesse tipo de instituição. Além disso, conheça um pouco melhor como são as etapas de reabilitação dos pacientes.

Como funciona um centro de tratamento para dependentes em álcool

Os tratamentos modernos de recuperação de usuários de drogas, entre elas o álcool, mudou bastante ao longo das últimas décadas. Hoje em dia, sabemos que é fundamental associar diferentes áreas em um esforço multifacetado, incluindo apoio médico, psiquiátrico, psicológico e terapêutico.

Um bom centro de tratamento para dependentes em álcool conta com várias especialidades e realiza atividades que promovem a cooperação entre profissionais diversos. Eles entram em ação no momento mais adequado, independentemente de se tratar de uma internação voluntária ou involuntária.

No entanto, obviamente a intervenção com a concordância do dependente é muito menos complexa. A partir do momento que ele faz o tratamento por livre e espontânea vontade, já conseguiu superar um problema que muito pacientes têm dificuldades em vencer: a falta de discernimento sobre a sua real situação.

Tempo de duração da internação em centros de tratamento para alcoólatras

Os tratamentos mais completos oferecidos pelas clínicas envolvem o isolamento do paciente em comunidades terapêuticas. Com isso, é garantido um monitoramento integral que impede o contato com bebidas alcoólicas e outras substâncias viciantes.

O tempo de permanência na instituição pode variar, em concordância com diversos fatores, especialmente o grau de intoxicação do organismo e o nível de dependência física ou psicológica que cada paciente apresenta.

Quanto mais bem equipada a clínica e maior o tempo de duração do tratamento, maiores são as mensalidades. Contudo, existem pacotes que oferecem uma excelente infraestrutura e todo o suporte necessário para a recuperação por valores mais acessíveis.

Etapas da reabilitação de dependentes de álcool

As etapas da reabilitação no centro de tratamento para dependentes em álcool normalmente segue as seguintes etapas, com variações personalizáveis:

  • Primeira etapa

É priorizado o aspecto físico do tratamento com a desintoxicação do organismo, reeducação alimentar e melhoria das sequelas corporais que o uso compulsivo do álcool e outras drogas originam;

  • Segunda etapa

São priorizados os aspectos psicológicos para que o paciente entenda melhor a sua dependência e faça terapias que auxiliem na sua recuperação psíquica;

  • Terceira etapa

São priorizadas atividades de manutenção da sobriedade, tais como terapias ocupacionais e tarefas recreativas que restaurem a dignidade e a motivação do dependente.

Quer entender melhor como cada uma dessas fases acontece na prática? Entre em contato com a Clínicas Prime e agende uma visita!

Leave a reply