Como funciona reabilitação para alcoólatras?

Entender como funciona a reabilitação para alcoólatras é muito importante, visto que a família deve entender esse processo por inteiro para finalmente compreender por completo como ajudar ao dependente alcoólico.

Geralmente a clínica de alcoolismo acaba sendo uma unidade de tratamento capaz de internar pacientes com vício principalmente em álcool, sendo que a mesma acaba causando doenças crônicas com causas variadas, e as mesmas vão desde fatores genéticos a questões que são ambientais e psicológicas. Lembrando sempre que o alcoolismo realmente possui um impacto extremo principalmente na vida da pessoa afetada, podendo ainda levar a mesma à morte!

Compreenda como funciona a reabilitação para alcoólatras

Para compreender como funciona a reabilitação para alcoólatras, na verdade, é preciso entender que as pessoas usam bebida para aliviar seu sofrimento emocional ou ainda para disfarçar dores físicas que são causadas pela própria doença.

Ademais, as famílias acabam se sentindo confusas, impotentes e até mesmo desorientadas principalmente diante da complexidade desse cenário. Antes de tudo é importante saber como detectar o alcoolismo, sendo assim, após entender o problema então é o momento de buscar ajuda.

Na realidade, é preciso entender que existe de fato uma enorme diferença entre ficar bêbado e ser alcoólatra, sendo que uma pessoa acaba bebendo socialmente pode ficar bêbada, e, no entanto, nem sempre isso significa grandes riscos para sua vida.

Já o alcoólatra acaba ingerindo álcool em quantidades que vão além do que o próprio organismo suporta, e isso acaba acontecendo em pequenos intervalos de tempo. Logo esse consumo completamente desenfreado acaba por trazer sérios problemas tanto em suas relações quanto emoções, sendo que atitudes de risco acabam por ser tomadas tal qual: dirigir bêbado.

Sobre a reabilitação para alcoólatras

Para saber como funciona a reabilitação para alcoólatras na verdade, os familiares precisam saber que devem começar geralmente com uma avaliação clínica do dependente alcoólico, sendo que quando os alcoólatras começam a apresentar os seguintes sintomas deve ser considerada a hipótese de internação:

  • Muita dificuldade de manter a estabilidade no emprego ou ainda na escola;
  • Paranóias e surtos de agressividades;
  • Rotina extremamente resumida a atividades que de fato favorecem o acesso às bebidas alcoólicas;
  • O raciocínio e o nível de atenção são resumidos;
  • Roubos realizados dentro de casa;
  • Desaparecimentos cada vez mais frequentes;

Quando a pessoa chegou a esse ponto, certamente é interessante buscar ajuda para a dependência da mesma, sempre lembrando que existe ainda a possibilidade de algumas pessoas não serem internadas, entretanto, na maioria dos casos é necessária a internação.

Sobre as etapas do tratamento

Realmente entender como funciona a reabilitação para alcoólatras requer que os familiares compreendam que esse tratamento é composto por várias etapas, as mesmas podem variar de acordo com sua abordagem, podendo ainda ter durações distintas.

Entre as etapas do tratamento podemos destacar: a desintoxicação e psicoterapia e terapia ocupacional, a primeira fase é a principal, visto que foca na redução dos danos causados pelo alcoolismo.

Nesta primeira etapa medicamentos e atendimentos psicológicos são constantes, visto que o dependente precisa conseguir se livrar desta dependência. Ademais, a segunda etapa do tratamento, diz respeito ao cuidado mental e emocional da pessoa que é dependente, esse processo é único e acaba sendo especifico para cada pessoa.

As internações acabam sendo apenas uma parte do processo, na verdade, o tratamento de fato deve ser constante, sendo que a pessoa deve ter um acompanhamento permanente mesmo após a saída da clínica.

Leave a reply