Saiba Mais Sobre O Alcoolismo E Suas Consequências

O Brasil ocupa uma posição preocupante entre nações americanas com os maiores índices de óbitos causados pelo consumo de álcool, de acordo com pesquisa divulgada pela ONU. Por essas e outras razões, é sempre importante alertar a população sobre o alcoolismo e suas consequências.

Vale lembrar, ainda, que tais consequências não se restringem somente à saúde e aos aspectos físicos. Uma pessoa alcoólatra afeta a si mesma, bem como as pessoas à sua volta, sejam elas próximas ou não.

Os índices de acidentes de trânsito e de violência devido à ingestão excessiva de bebidas superam os dados referentes a outras drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas. E, lamentavelmente, a sociedade ainda encara a embriaguez como algo aceitável e, em alguns casos, glamouroso.

Nesta publicação estarão alguns alertas sobre as consequências do alcoolismo. Continue com a leitura para saber mais.

O alcoolismo e suas consequências para a saúde

O álcool é uma droga legalizada e popular. Contudo, a sua ingestão provoca uma série de problemas para a saúde, ainda mais quando o consumo é exagerado e prolongado.

Confira uma lista com alguns desses danos:

  • Diabetes: ao ingerir bebidas alcoólicas continuamente, o usuário provoca a inflamação do órgão responsável pela liberação de insulina – o pâncreas. Com essa disfunção, os riscos de desenvolver ou agravar quadros de diabetes são expressivos.
  • Digestão: o álcool lesiona a mucosa estomacal e interfere diretamente na digestão, ocasionando inflamações, gastrites, úlceras e até mesmo hemorragias internas.
  • Doenças hepáticas: um dos órgãos que mais sofre com o alcoolismo é, sem sombra de dúvidas, o fígado. Isso pode levar a doenças hepáticas gravíssimas, dentre elas a cirrose alcoólica.
  • Problemas cerebrais: o consumo de bebidas, especialmente entre os jovens, danifica a região cerebral, afetando as capacidades de aprendizagem e a memória dos indivíduos.
  • Câncer: dentre as comorbidades do alcoolismo está até mesmo a doença mais temida da atualidade, o câncer. Ele pode se desenvolver em diversas regiões do corpo, especialmente aquelas que mantêm contato direto com o álcool, como o esôfago e a laringe.

O alcoolismo e suas consequências para a vida social

Engana-se quem pensa que o alcoolismo e suas consequências afetam somente a parte física e mental do indivíduo. Ainda há problemas observados na vida social. Isso sem mencionar os riscos que ele impõe às demais pessoas.

Observe alguns dos impactos negativos do vício no contexto social:

  • Maus tratos e violência: o alcoólatra é usualmente identificado pelo seu perfil violento, chegando a agredir até mesmo as pessoas mais próximas a ele, como o/a cônjuge, os pais e os filhos.
  • Envolvimento com o crime: quem consome álcool em demasia tende a reduzir a sua capacidade cognitiva e perde a inibição, o que pode levar o sujeito embriagado a cometer atos ilícitos ou criminosos.
  • Acidentes de trânsito: motoristas alcoolizados são os maiores responsáveis pelos altos índices de acidentes de trânsito, colocando a si mesmo e as demais pessoas em risco de morte.

Como se livrar do alcoolismo?

Todos os exemplos mencionados até então são somente alguns entre outros tantos prejuízos que o alcoolismo traz para o dependente e para a sociedade. Para se livrar de uma vez por todas do vício, é indispensável procurar por ajuda especializada.

Entre em contato com as Clínicas Prime e agende uma consulta!

Leave a reply